APROVADA IDENTIDADE VISUAL PARA A RESERVA DA BIOSFERA TRANSFRONTEIRIÇA MESETA IBÉRICA

Na sequência da reunião de projeto realizada no passado dia 25 de junho, o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial ZASNET AECT aprovou a nova Identidade Visual para a Reserva da Biosfera Transfronteiriça Meseta Ibérica.
 
A Reserva da Biosfera Transfronteiriça Meseta Ibérica (RBTMI) é a maior reserva da biosfera da Europa, abrangendo um total de 87 municípios em território espanhol e português. A sua aprovação pela UNESCO ocorreu em 2015, por iniciativa do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial ZASNET (AECT ZASNET).
Dando sequência a estes esforços, o ZASNET AECT encontra-se a implementar um projeto de desenvolvimento da Reserva da Biosfera, contando para tal com o apoio do Programa Interreg POCTEP cofinanciado pelo FEDER. Com este projeto pretende-se proteger e destacar o património cultural e natural existente no território, considerando o turismo como principal motor do desenvolvimento económico e social.
Enquadrado neste projeto foi apresentada no passado dia 25 de junho a identidade visual a adotar nos materiais de promoção da RBTMI.
O processo de criação da identidade visual teve em consideração os principais elementos patrimoniais, atributos identitários e ativos emblemáticos – naturais, culturais, construídos, arquitetónicos e paisagísticos – de cariz material e imaterial, que caraterizam e distinguem o território de abrangência da RBTMI.
O resultado procura refletir e transmitir um território onde a simbiose entre o Homem e a Biosfera é plena, através de um conjunto integrado de ligações múltiplas e complementaridades. São assim evidenciadas comunidades, espécies, habitats, paisagens e elementos patrimoniais que compõem um imaginário territorial que é simultaneamente diverso e indivisível.
Na imagem proposta convivem elementos icónicos transfronteiriços representativos da fauna (como o lobo e a águia), da flora (as montanhas, o mosaico agrícola e a água), do património material (o castelo) e do património imaterial (a máscara, muito representativa do homem no contexto do lugar).

Data da Notícia: 
Martes, Julio 30, 2019