Fronteira mais perto da Reserva da Biosfera

Concurso internacional para a elaboração do projecto tem um valor superior a 204 mil euros

O Agrupamento de Cooperação Transfronteiriça Zasnet aprovou na semana passada as bases do concurso para a elaboração do projecto conjunto, entre Portugal e Espanha, com o objectivo de que a raia seja declarada Reserva da Biosfera. O projecto vai ser objecto de uma candidatura à UNESCO e tem como missão fazer com que o Douro transfronteiriço obtenha aquela classificação internacional, que é uma marca distintiva em termos da qualidade em termos de valores da natureza. O concurso internacional terá um valor superior a 204 mil euros e será publicado no Boletim Oficial da Comunidade Europeia. O projecto será financiado em 50 por cento pelo POCTEP (Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha e Portugal) para o período entre 2007-2013. A ideia tem ainda outros propósitos mais vastos e que vão alem da obtenção da classificação Reserva da Biosfera, que passa pela definição dos valores naturais da raia, com a criação de uma ferramenta para planificar e gerir de uma forma coordenada, e pela primeira vez, entre Portugal e Espanha esta zona transfronteiriça, criando também um plano de ordenamento dos recursos naturais. Neste âmbito poderá vir a ser criada uma comissão mista para supervisionar a forma como se aplica a normativa comunitária e se preservam os valores naturais incluídos na Rede Natura 2000. As áreas dos parques naturais de Montesinho e do Douro Internacional, a albufeira do Azibo, as arribas do Douro, o parque natural do Lago da Sanábria, e as reservas da Serra da Culebra e as Lagoas de Villafálila são espaços que terão uma atenção privilegiada e são os grandes trunfos da candidatura a apresentar à UNESCO. Se a UNESCO vier a catalogar esta zona, a raia será a maior reserva da Biosfera da União Europeia, com sete zonas naturais, nomeadamente cinco parque naturais e vários espaços inseridos na Rede Natura 2000. A aposta no turismo verde e no ecoturismo, com a criação de rotas temáticas, são outras propostas que estão a ser desenhadas ao abrigo do projecto.
 
Fonte: Mensageiro de Bragança